CINCO MINUTOS  José de Alencar Resumo, Análise e Personagens

A obra Cinco Minutos é um romance urbano de José de Alencar  (maior expoente do Romantismo brasileiro), escrito em prosa, onde ele narra sua história, fazendo-se personagem principal e narrador ao mesmo tempo. Sua 1° edição foi lançada em 1856. Ao final desta postagem disponibilizei o livro para download ou leitura no próprio Blog.

cinco minutos de josé de alencar

Claramente sua obra destina-se ao público adulto, pois a forma de narrar, a linguagem utilizada no detalhamento de tantas emoções, são comuns ao público adulto, e assim chegamos ao principal nesta narrativa: a identificação. Obviamente, sentimentos tão complexos fazem parte do universo adulto (podendo se incluir até adolescentes em fim de fase) e o autor nos comove dentro deste emaranhado de emoções que nos tocam a querer seguir na leitura para desvendar o desfecho.

CINCO MINUTOS Personagens

Como personagens então, temos sua prima, a quem ele faz suas confissões bem detalhadas, sua amada Carlota e o próprio Narrador, portanto narrador em 1º pessoa.  Além destes temos a mãe de Carlota e o velho da canoa, com participações mais discretas.

CINCO MINUTOS Resumo

A história tem como situação inicial um atraso de cinco minutos, momento em que conhece seu grande amor, depois de uma longa busca desesperada a história chega ao clímax quando Carlota revela seu amor platônico (iniciado antes mesmo do protagonista imaginar) e logo em seguida sua doença, motivo pelo qual se escondera dele tanto tempo. Isto causa uma situação em que uma grande decisão deve ser tomada por ele: viajar com ela ou esquecê-la de uma vez. 

Como desfecho temos o reencontro, sua cura e seu casamento. Onde o narrador vive seu verdadeiro amor intensamente, viajando pelo mundo e encontrando sentido na vida. Os dois terminam juntos vivendo sua linda história de amor, que como apresentada, os predestinavam, pois, eram como duas almas gêmeas: 

“… As almas como as nossas quando se encontram, se reconhecem e se compreendem…”

👉Que tal conhecer também estas outras obras de sucesso mundial? Orgulho e Preconceito ou O Pequeno Príncipe. Confira aqui no Blog!

CINCO MINUTOS Análise literária

No foco narrativo temos uma situação interessante, o autor não se dirige diretamente à qualquer leitor, ele dirige-se à sua prima, de modo confessional,  e nós participamos como expectadores desta situação.  Nós leitores nos tornamos uma terceira pessoa.

As duas personagens principais, Carlota e o narrador, são personagens esféricas, pois são aprofundadas psicologicamente, e vão se transformando ao longo da história, principalmente o narrador-protagonista,  que no início da história leva uma vida rotineira e fútil, mas que ao conhecer Carlota, prova do verdadeiro amor e encontra sentido em sua vida, abrindo mão de tudo para viver essa paixão. 

Carlota também se transforma, pois, vivia fechada em seu mundo até conhecer seu verdadeiro amor, então ela começa a viver seu inferno psicológico, pois teme fazer sofrer seu amado, já que por causa de sua doença ela o deixaria só. 

As demais personagens não são aprofundadas, são planas (não mudam com as circunstâncias), sua mãe principalmente, pois apenas cumpre seu papel de  mãe, sem maior envolvimento na história. O dono do barco apresenta pequena mudança, no momento em que desempenha um esforço ainda maior para ajudar o protagonista. E sua prima, é outro exemplo de personagem plana, já que apenas se faz leitora da carta, não interferindo em nada na história.

No espaço da narrativa, a história se passa no Rio de Janeiro, termina em Minas Gerais, após passar por vários países da Europa. Se passa cronologicamente no ano de 1857, e o narrador, e em determinados momentos Carlota, insere lembranças passadas (tempo psicológico) durante a narrativa. Utilizando discurso direto ele apresenta sua visão de todo o ocorrido.

Uma das coisas que nos chama a atenção é em relação ao tempo cronológico, tão bem detalhado e minuciado, pois, no começo ele demonstra uma falta de preocupação com o tempo e ainda  condena quem é muito pontual, como menciona:  

“… não posso admitir de modo algum que um homem se escravize ao seu relógio e regule as suas ações pelo movimento de uma pequena agulha de aço ou pelas oscilações de uma pêndula.” 

cinco minutos no relógio

Inclusive, foi seu atraso (de cinco minutos e que dá o título à obra), que lhe permitiu viver esse intenso romance. Mas o que vemos depois é uma narrativa cronológica muito bem demarcada, onde ele observa cada minuto do seu tempo, e este mesmo tempo é que o consome na expectativa de toda a narrativa. 

Temos na obra Cinco Minutos um perfeito exemplar do período do Romantismo no Brasil. Que tem como José de Alencar um de seus grandes representantes.

CINCO MINUTOS Livro para download

Que tal conhecer também estas outras obras de sucesso mundial? 👉Orgulho e Preconceito ou O Pequeno Príncipe. Confira aqui no Blog!
Se curtiu, não deixe de comentar! Abraço e até a próxima!😉

Sobre o Autor

Prof. Elias
Prof. Elias

Olá, sou o Professor Elias. Formado em Letras/Português pelo Instituto Federal do Triângulo Mineiro e em Pedagogia pela Universidade Camilo Castelo Branco. NeuroPsicopedagogo, Professor da rede pública de ensino e Professor do Projeto de Apoio Pedagógico há 10 anos. Pai de uma princesa linda e de dois “carinhas” que eu amo muito.

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Solicitar exportação de dados

Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

Solicitar a remoção de dados

Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

Solicitar retificação de dados

Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

Solicitar cancelamento de inscrição

Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.