filme ser e ter

Sobre o filme SER e TER

Há algum tempo assisti ao filme/documentário Ser e Ter, (no final desta postagem deixarei a ficha técnica dele e também o filme completo para quem quiser o assistir).

Mas, já adianto que não se trata de uma produção “hollywoodiana”, com grandes orçamentos e efeitos especiais. Na verdade, trata-se até de uma produção bem modesta, já que é bem perceptível a ideia principal do filme Ser e Ter: apresentar o notável vínculo criado entre Professor e estudante.

Antes de tudo, ainda dentro desta mesma temática, quero adiantar que vou utilizar também como referência o artigo “A força e a importância do vínculo entre professor e criança” de autoria de Patrícia Pereira à Revista Educação, o qual vou deixar o link para quem quiser lê-lo na íntegra. Sendo assim, vamos ao filme!

Sumário

Resenha do Filme SER e TER

Em suma, o documentário “Ser e Ter”, de 2007, nos apresenta relações construídas com muita afetividade e proximidade, entre um professor e seus estudantes, e, contrastando com o ambiente inóspito retratado, de uma região de clima muito frio e isolado (Auvergne na França), temos o espaço acolhedor que o professor cria em sua sala de aula.

Auvergne na França
Auvergne na França

Contudo, este termo “acolhedor” pode ter muitos sentidos e significados, já que essa percepção de espaço é diferente nas crianças, como destacado no artigo de Patrícia Pereira à Revista Educação, onde ela aponta que a afetividade está intimamente ligada em como estes alunos e alunas se adaptam a ele, podendo este ser convidativo e instigante ou ter o efeito contrário, quando não temos vínculos envolvidos.

Em suma, esta afirmação nos traz reflexões importantes sobre os espaços escolares que preparamos, ou deixamos de preparar, para receber nossos estudantes.

O contexto familiar retratado no filme

Posteriormente, em outros momentos do filme, nos é também mostrada a rotina cotidiana destes estudantes fora da escola, e percebemos que se trata de uma comunidade humilde em que os filhos ajudam a família nas tarefas diárias, e os pais carregam uma concepção antiga de ensino através da agressão física ou repetição exagerada, dessa forma, mostrando uma realidade dura, oposta à que vivem com o Professor, e que é amenizada no momento em que estão na escola. 

Nesse meio tempo, vemos alguns momentos em que o educador atende a esses pais com orientações e sugestões, outro papel relevante que ele desempenha e é citado por Silvia Colello, professora de psicologia da educação na USP, neste mesmo artigo, onde ela menciona este “duplo papel” tão importante em orientar a família visando “melhores estímulos” em seus lares.

“Um guarda-chuva para proteger, um bolo de aniversário para alegrar, uma conversa para confortar, relações de confiança e acolhimento que se desenvolvem ao longo das aulas, como acompanhamos no decorrer do filme, e definitivamente, estas se revelam instrumentos poderosos e motivadores no ensino dos estudantes da pequena escola.”

Prof. ElIAS – APOIO PEDAGÓGICO

Sobre o Professor apresentado no filme SER e TER

Em síntese, o educador apresentado no filme transcende as relações pedagógicas de vínculo entre professor e estudante, e mantém uma proximidade pessoal, envolvendo-se nos dilemas individuais de cada aluno e aluna, e como a autora menciona no mesmo artigo referido anteriormente, há uma grande importância deste vínculo entre educador e criança, sob o risco de que não haja um aprendizado pleno sem este tipo de relação afetiva.

Nesse ínterim, como alfabetizador, o professor retratado no filme, busca promover um contexto letrado, com diversos estímulos no ambiente e em outras situações criadas por ele, envoltas em relações afetivas, e que são elementos importantes, destacados no mesmo artigo de Patrícia Pereira, citando novamente Silvia Colello.

Conclusão e considerações

Diante de tudo isso, não há como negar que o documentário nos faz repensar a prática entre professor e estudante, e qual o limite desta relação profissional, pois esta se apresenta indissociável da afetividade, relação muito bem delineada no artigo já referido de Patrícia Pereira à Revista Educação.

Enfim, definitivamente recomendo muito este filme! Mas, assista com um olhar mais apurado e perceberá a sensibilidade com que foi tratado o tema da relação entre Professor/aluno (a).

Finalmente, me despeço aqui, deixo meu abraço forte e peço que não deixe de comentar!👍😉

Sinopse do filme SER E TER

filme ser e ter

Lançamento: 3 de setembro de 2007 para DVD

Categoria: Filme/Documentário
Duração: 1h 44min 
Direção: Nicolas Philibert
Título original Être et avoir

Resumo do filme SER E TER

Com uma paisagem de montanhas e terras agrícolas, o documentário segue um grupo de crianças entre quatro e doze anos de idade e que estudam em uma pequena escola de vila em Auvergne, França. Mostrando o dia a dia das crianças, a intenção é evidenciar como aprendem a viver lado a lado e conviver com os outros e seus desejos.

Fontes: Adoro Cinema e Revista Educação

Trailer do filme SER E TER

Filme Ser e Ter completo dublado 👇:

Fontes: Revista EducaçãoAdoro Cinema

Junte-se a nós!

Não fazemos spam! Leia mais em nossa política de privacidade

Sobre o Autor

Prof. Elias
Prof. Elias

Formado em Letras/Português e suas Literaturas pelo Instituto Federal do Triângulo Mineiro e em Pedagogia pela Universidade Camilo Castelo Branco. NeuroPsicopedagogo, Autor de livro e Professor de Projeto de Apoio Pedagógico há 12 anos.

    0 Comentários

    Não deixe de comentar. Sua opinião é importante!

    Solicitar exportação de dados

    Use este formulário para solicitar uma cópia de seus dados neste site.

    Solicitar a remoção de dados

    Use este formulário para solicitar a remoção de seus dados neste site.

    Solicitar retificação de dados

    Use este formulário para solicitar a retificação de seus dados neste site. Aqui você pode corrigir ou atualizar seus dados, por exemplo.

    Solicitar cancelamento de inscrição

    Use este formulário para solicitar a cancelamento da inscrição do seu e-mail em nossas listas de e-mail.

    O que é Microconto?